Logo | Chocair Médicos

Cálculos renais: saiba tudo que precisa para se prevenir!

Atualizado em 18/03/2024
Tempo de leitura: 3 min.

Os cálculos renais, também conhecidos como pedras nos rins, são uma condição comum que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. 

Essas pequenas formações sólidas, compostas principalmente de sais minerais e outras substâncias, podem causar dor intensa e desconforto quando passam pelos ureteres, os tubos que conectam os rins à bexiga. 

Neste texto, vamos explorar o que são os cálculos renais, suas causas, sintomas, tratamentos e, mais importante, como preveni-los.

O que são cálculos renais?

Os cálculos renais são depósitos endurecidos que se formam nos rins quando certas substâncias presentes na urina, como cálcio, oxalato e ácido úrico, se tornam muito concentradas. 

Essas substâncias podem cristalizar e se unir para formar pequenas pedras. Os cálculos podem variar em tamanho, desde o tamanho de um grão de areia até o de uma bola de gude, e podem se desenvolver em um ou ambos os rins.

Causas dos cálculos renais

Várias razões podem contribuir para o desenvolvimento de cálculos renais. Algumas das causas mais comuns incluem:

Dieta inadequada: consumo excessivo de alimentos ricos em oxalato, como espinafre, nozes e chocolate, pode aumentar o risco de formação de cálculos de oxalato de cálcio.

Desidratação: quando o corpo não recebe líquidos suficientes, a urina se torna mais concentrada, o que aumenta a probabilidade de cristalização de substâncias e formação de cálculos.

Condições médicas: certas condições médicas, como gota, distúrbios metabólicos e infecções recorrentes do trato urinário, podem aumentar o risco de cálculos renais.

Histórico familiar: indivíduos com histórico familiar de cálculos renais têm maior probabilidade de desenvolvê-los.

Medicamentos: alguns medicamentos, como diuréticos e antiácidos contendo cálcio, podem aumentar o risco de formação de cálculos.

Sintomas dos cálculos renais

Os sintomas dos cálculos renais podem variar de pessoa para pessoa e dependem do tamanho e da localização das pedras. Alguns dos sintomas mais comuns incluem:

  • Dor intensa na parte inferior das costas ou no abdome, que pode se espalhar para a virilha e área genital;
  • Náuseas e vômitos;
  • Dor ao urinar;
  • Sangue na urina;
  • Micção frequente e urgente;
  • Sensação de queimação ao urinar.

Se você suspeita que está com cálculos renais, é essencial procurar orientação médica para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado.

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico de cálculos renais geralmente envolve exames de imagem, como ultrassonografia, tomografia computadorizada e radiografia simples. Uma vez diagnosticados, os cálculos renais podem ser tratados de várias maneiras, incluindo:

Medicamentos: alguns medicamentos podem ajudar a dissolver cálculos renais pequenos ou facilitar sua passagem pelos ureteres.

Litotripsia: este procedimento utiliza ondas de choque para quebrar os cálculos em pedaços menores, facilitando sua eliminação através da urina.

Cirurgia: em casos graves ou quando outros métodos não são eficazes, pode ser necessária cirurgia para remover os cálculos.

Terapia de ondas sonoras: em algumas situações, ondas sonoras direcionadas podem ser usadas para quebrar os cálculos renais.

Prevenção de cálculos renais

Embora os cálculos renais possam ser dolorosos e debilitantes, existem medidas que você pode tomar para reduzir o risco de desenvolvê-los:

Beber bastante líquido: a hidratação adequada é essencial para diluir a urina e prevenir a formação de cálculos. 

Seguir uma dieta saudável: evite alimentos ricos em oxalato, como chocolate, nozes, espinafre e beterraba, e limite a ingestão de sódio e proteínas de origem animal.

Controlar o consumo de cálcio: não é necessário reduzir o consumo de calcio da alimentação habitual, nem suspender leiteC queijos e derivados. 

Reduzir o consumo de alimentos ricos em purinas: alimentos como carne vermelha, frutos do mar e bebidas alcoólicas podem aumentar os níveis de ácido úrico no corpo, contribuindo para a formação de cálculos renais em algumas pessoas.

Manter um peso saudável: a obesidade está associada a um maior risco de cálculos renais. Manter um peso saudável através de uma dieta equilibrada e exercícios regulares pode ajudar a reduzir esse risco.

Evitar hábitos que aumentam o risco: pare de fumar e limite o consumo de álcool, pois esses hábitos podem aumentar o risco de cálculos renais, além de terem outros efeitos negativos na saúde.

Em resumo, os cálculos renais são uma condição dolorosa, mas muitas vezes evitável, que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Ao adotar hábitos de vida saudáveis, como beber bastante líquido, seguir uma dieta equilibrada e manter um peso saudável, você pode reduzir significativamente o risco de desenvolver cálculos renais. 

Além disso, é essencial consultar um médico regularmente para exames de rotina e orientações personalizadas sobre prevenção e tratamento de cálculos renais. Lembre-se sempre de que a prevenção é a melhor abordagem quando se trata de saúde renal.

SOBRE O(A) AUTOR(A)
Nós somos a Chocair, um grupo de nove médicos especializados em Clínica Médica e Nefrologia, com foco de atuação voltado ao atendimento clínico tanto em ambiente de consultório quanto em internação hospitalar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 | 01 / 04 / 24
Antes de mergulharmos na importância do controle do potássio, é fundamental compreendermos o que são as doenças renais e como elas afetam o organismo
Ler Mais
Receba as novidades
Inscreva-se ao lado e fique sabendo de novos conteúdos e informações úteis.
Logotipo | Chocair Médicos

Endereço

Rua Martiniano de Carvalho, 864 - conj. 501 e 502
Condomínio Edifício Vancouver Bela Vista - São Paulo/SP
CEP 01321-001

Direitos reservados Clínica Chocair 2022 – Desenvolvido por Surya Marketing Médico

map-markermagnifiercross