Logo | Chocair Médicos

Hipotireoidismo: o que é?

Atualizado em 27/07/2021
Tempo de leitura: 3 min.
A Imagem Mostra Uma Mulher Com A Mão No Pescoço.
Hipotireoidismo: O Que É? 2

O Hipotireoidismo é uma doença que se caracteriza por um mau funcionamento da glândula tireoide, responsável por produzir os hormônios T3 e T4 que regulam o metabolismo do nosso organismo. Nessa doença, a tireóide passa a produzir quantidades menores dessas substâncias comprometendo o metabolismo de quase todas as células do nosso corpo.

O que é hipotireoidismo?

A tireoide é uma glândula em formato de borboleta que se localiza no pescoço, um pouco abaixo do osso conhecido como pomo de Adão ou “gogó”. Essa glândula tem funções muito importantes para a manutenção da saúde porque é responsável por produzir os hormônios T3 e T4.

Eles ajudam a regular todo o nosso metabolismo, por isso, precisam estar em níveis adequados no sangue. Porém, a glândula tireoide pode não produzir esses hormônios na quantidade adequada. Quando existe uma queda dessa produção, temos o quadro de Hipotireoidismo.

Quais são as causas do hipotireoidismo

O Hipotireoidismo pode ser classificado como primário ou secundário, e essa classificação se dá em função dos fatores que desencadeiam o mau funcionamento da glândula tireóide.

Hipotireoidismo primário

No Hipotireoidismo primário, o problema está associado na maioria dos casos à Tireoidite de Hashimoto, uma doença autoimune em que o sistema imunológico da pessoa passa a atacar as células da tireóide prejudicando o seu funcionamento. A tendência é que o Hipotireoidismo se agrave conforme a intensidade dos prejuízos causados quanto mais tempo a Tireoidite progride.

Outras causas de Hipotireoidismo primário:

  • tratamento do Hipertireoidismo;
  • tratamento do câncer de tireoide;
  • baixa ingestão de iodo;
  • aplicação de radiação na região da cabeça e do pescoço;
  • distúrbios hereditários que fazem a tireoide secretar pouco hormônio.

Hipotireoidismo secundário

Já no caso da do Hipotireoidismo secundário o problema não está na glândula tireoide, mas na hipófise, outra glândula localizada abaixo do cérebro, responsável por produzir um hormônio chamado TSH que estimula o funcionamento da tireóide.

Quais são os sintomas do hipotireoidismo?

Conforme explicamos, os hormônios T3 e T4 trabalham na regularização e atividade do metabolismo dos nossos órgãos e sistemas. Sendo assim, quando o hipotireoidismo se manifesta os sintomas são sentidos no corpo de um modo geral. Porém, no início do quadro o indivíduo pode se mostrar assintomático.

Isso acontece porque o mau funcionamento da glândula tireoide ainda não provocou grandes prejuízos, não ocorrendo manifestações expressivas e quando elas acontecem são muito leves, como:

  • preguiça;
  • um pouco de intolerância ao frio;
  • cansaço discreto;
  • ganho de peso

Esses sintomas podem se manifestar principalmente quando a pessoa passa por momentos de estresse. No entanto, quando o problema se intensifica mais e a produção dos hormônios cai progressivamente até atingir níveis insuficientes, os principais sintomas do hipotireoidismo começam a se manifestar de uma forma mais expressiva, sendo:

  • sonolência durante o dia;
  • dificuldade para acordar;
  • ressecamento da pele;
  • constipação intestinal;
  • unhas quebradiças;
  • queda de cabelo;
  • dificuldade de raciocínio;
  • ganho de peso;
  • alterações no ciclo menstrual;
  • perda de memória;
  • mudanças de humor.
  • alterações de comportamento

Quais são as complicações do hipotireoidismo?

Quando o hipotireoidismo não recebe tratamento adequado, além de todos os sintomas e desconfortos que listamos, essa doença pode causar uma redução da performance mental e física do paciente, especialmente em pessoas idosas.

Também favorece o aumento dos níveis de colesterol que, por sua vez, eleva o risco de desenvolver problemas cardíacos, como infarto e angina. Ocorrem, ainda, desordens endócrinas, metabólicas, gastrointestinais, renais e neurológicas, e a possibilidade de desenvolver anemia.

Quando o hipotireoidismo se manifesta em crianças, se não diagnosticado e tratado corretamente o mais rápido possível, as crianças podem desenvolver o cretinismo, uma deficiência física e mental que prejudica o aprendizado e o crescimento.

O hipotireoidismo tem tratamento?

Uma vez que o Hipotireoidismo se caracteriza pela produção inadequada de hormônios tireoidianos, o tratamento é feito basicamente com a administração do hormônio Levotiroxina por via oral por meio de comprimidos. Eles suprem as necessidades do organismo possibilitando que a pessoa mantenha uma vida normal.

Esse tratamento é válido tanto para adultos quanto para crianças, mas é preciso manter o acompanhamento com o seu  médico e sempre administrar a medicação na quantidade correta. Uma baixa dosagem não atenderá àquilo que o corpo precisa, em contrapartida, a administração excessiva também pode trazer complicações.

Quando o Hipotireoidismo é diagnosticado em conjunto com outros problemas, como a presença de nódulos ou tumores, o tratamento adotado é feito de forma personalizada. Caso seja necessária a retirada da tireoide devido a algum tumor, por exemplo, a reposição com o hormônio sintético, a Levotiroxina, deve ser iniciada no pós operatório e se estender por toda a vida do paciente.

O diagnóstico do Hipotireoidismo pode ser feito de maneira fácil por meio de exames de sangue em uma consulta de rotina, dosando os hormônios da tireoide e o TSH . Por isso, converse com o seu médico e solicite a realização dessa testagem para acompanhar a saúde da tireoide, especialmente se apresentar sintomas compatíveis com a doença.

O que achou do conteúdo de hoje? Deixe seu comentário!

Compartilhe!

SOBRE O(A) AUTOR(A)
Dr. Leonardo Victor Barbosa Pereira CRM SP 117560, possui título de especialista em nefrologia pela sociedade brasileira de nefrologia e é membro da Chocair Nefrologia e Clínica Médica do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.
Saiba Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 | 29 / 11 / 21
Você sabe o que é a depressão? Sabe quais são os sintomas e tratamento? Confira mais sobre o assunto nesse post!
Ler Mais
 | 10 / 11 / 21
Existem diferenças entre o diabetes tipo 1 e o tipo 2. Entenda quais são elas e ainda confira as características dessas duas variações da doença.
Ler Mais
1 2 3 25
Receba as novidades
Inscreva-se ao lado e fique sabendo de novos conteúdos e informações úteis.
Logotipo | Chocair Médicos
(11) 3287-1010
(11) 91208-7141
contato@chocairmedicos.com.br

Direitos reservados Clínica Chocair 2021 – Desenvolvido por Surya Marketing Médico