Logo | Chocair Médicos

Quais os sintomas mais comuns de infecção urinária e como tratar?

Atualizado em 16/09/2021
Tempo de leitura: 3 min.

A infecção urinária é um tipo de inflamação provocada por bactérias que atinge diferentes estruturas do trato urinário, como a uretra, a bexiga e os rins. Provoca principalmente dificuldade, dor ou ardência na hora de urinar e vontade frequente de ir ao banheiro.

A Imagem Ilustra Um Homem Com As Mãos Na Região Do Trato Urinário.
Quais Os Sintomas Mais Comuns De Infecção Urinária E Como Tratar? 2

O trato urinário é composto por diferentes estruturas, como a uretra, a bexiga e os rins. Todas elas podem ser acometidas por infecções, assim, o termo infecção urinária é utilizado para falarmos a respeito dessas condições que atingem qualquer uma das estruturas.

Quando a infecção urinária atinge uretra e bexiga, nos referimos a ela como infecção urinária baixa. Quando “sobe” e atinge os rins, infecção urinária alta.

Quanto mais a infecção avança pelo trato urinário, mais graves são os sintomas que ela desencadeia. Assim, quando atinge, por exemplo, o canal da uretra, provoca desconfortos mais amenos do que em comparação com as infecções renais. De toda forma, todos os quadros precisam de atenção e tratamento.

Continue lendo para conferir os sintomas dos diferentes tipos de infecção urinária e o modo como elas são tratadas.

Sintomas de infecção urinária

A principal causa da infecção urinária são bactérias que invadem o tecido do trato urinário, principalmente uretra e bexiga, e se proliferam. Elas podem continuar subindo por outras estruturas, até alcançarem os rins.

Por isso existem diferentes tipos de infecção urinária, que recebem sua classificação conforme a estrutura que foi acometida pelo problema. Além disso, os sintomas podem variar de acordo também com o tipo de infecção.

Eles costumam ficar mais intensos conforme atingem as estruturas mais altas do trato urinário. Porém, apresentam algumas similaridades entre si, com desconfortos que podem ser percebidos em todos os quadros.

A seguir apresentamos para você os sintomas mais comuns em cada uma das infecções urinárias.

Uretrite

É chamada de uretrite a infecção urinária que atinge o canal da uretra, a primeira estrutura do trato urinário. Identificar os sintomas nesse estágio é importante para conseguirmos eliminar as bactérias antes que elas migrem para estruturas mais altas.

Os sinais que o corpo emite em quadros de uretrite são:

  • dificuldade para começar a urinar;
  • necessidade frequente de ir ao banheiro;
  • dor ou ardência na hora de urinar;
  • corrimento amarelado.

Na uretrite, principalmente quando acompanhada de corrimento amarelado, deve ser realizado diagnóstico diferencial com as chamadas Doenças Sexualmente Transmissíveis.

Cistite

A cistite é a infecção urinária mais comum. Ela atinge a bexiga e ocorre quando as bactérias invadem e se proliferam no seu tecido causando intensa inflamação. Se não tratada, pode ocasionalmente atingir os rins.

Identificar os sintomas a seguir é essencial para buscar ajuda médica. A cistite provoca:

  • necessidade urgente de urinar;
  • pouca quantidade de urina;
  • ardência ou queimação ao urinar;
  • urina turva;
  • sensação de peso no baixo-ventre;
  • dor abdominal;
  • febre, geralmente baixa e mais raramente;
  • sangue na urina.

Pielonefrite

A pielonefrite é uma infecção urinária mais grave que acontece quando as bactérias conseguem atingir os rins. A maioria das infecções se limita à uretra ou à bexiga, mas quando os sintomas indicam o comprometimento renal, o atendimento médico precisa acontecer o mais rápido possível.

Isso porque a pielonefrite pode trazer complicações, com o risco de a infecção causar uma inflamação sistémica exagerada, a chamada Sepse. Os sintomas que costumam se manifestar em quadros como esse são:

  • dor intensa na barriga, nas costas ou virilha;
  • febre alta e freqüente;
  • calafrios
  • vontade frequente de urinar;
  • urina turva;
  • queimação ou dor ao urinar;
  • presença de sangue ou pus na urina.

Também pode acontecer, em alguns casos, náuseas, vômitos, cansaço excessivo, sonolência, pressão baixa e extremidades frias, estes três últimos são sinais de alerta, ou seja, se os apresentar o paciente deve imediatamente procurar um Pronto Atendimento. Em idosos, a pielonefrite provoca, ainda, confusão mental, que pode acontecer mesmo antes da manifestação dos demais sintomas.

Tratamentos da infecção urinária

Uma vez que a infecção urinária é provocada por bactérias, o seu tratamento principal é feito à base de medicamentos antibióticos. Eles podem ser administrados por via oral ou intravenosa. Nesse segundo caso, geralmente apenas para os quadros de pielonefrite, que podem exigir a internação hospitalar para um acompanhamento mais próximo.

A duração do tratamento com os antibióticos costuma ser de 5 a 10 dias, mas isso pode variar dependendo da necessidade de cada paciente e do tipo de antibiótico utilizado. O mais importante é manter a administração do remédio durante todo o período recomendado pelo médico, ainda que os sintomas tenham desaparecido. É preciso dar continuidade ao tratamento até que as bactérias tenham sido combatidas por completo.

O especialista também poderá recomendar medidas adicionais para favorecer a recuperação do organismo ou mesmo para previnir novos episódios de infecção. É o caso de beber bastante água para estimular a produção de urina.

Não se esqueça de que os sintomas da infecção urinária podem começar de uma forma muito sutil. Portanto, é importante sempre ter atenção ao que está acontecendo com o seu corpo e buscar a ajuda de um especialista, para que o tratamento seja iniciado quando o problema estiver no começo, evitando complicações maiores e favorecendo a recuperação.

SOBRE O(A) AUTOR(A)
Dra. Bernadete Maria Coelho Ferreira CRM SP 142013, possui experiência na área de Clínica Médica, no manejo de pacientes que necessitam internação hospitalar, e nefrologia. Atuando principalmente nos seguintes temas: cuidados como um todo do paciente, interligando suas múltiplas patologias.
Saiba Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 | 13 / 10 / 21
Descubra se é mais vantajoso para o paciente com doença renal crônica continuar com as sessões de hemodiálise ou fazer o transplante de rim.
Ler Mais
 | 06 / 10 / 21
Você já precisou fazer um exame de creatinina? Entenda para que serve esse tipo de procedimento e qual é a importância dele.
Ler Mais
1 2 3 23
Receba as novidades
Inscreva-se ao lado e fique sabendo de novos conteúdos e informações úteis.
Logotipo | Chocair Médicos
(11) 3287-1010

Direitos reservados Clínica Chocair 2021 – Desenvolvido por Surya MKT